Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens com a etiqueta portugal

TGV: Adiar o inadiável...

Mais uma vez se decide, apenas por puras questões políticas, retardar os grandes investimentos estruturantes. Os portugueses disseram nas urnas que concordavam com os projectos e que deviam ser feitos. Curiosamente a oposição (Passos Coelho e toda a esquerda) concordavam. Passos Coelho assim que foi eleito mudou o disco. É o que podemos esperar dele se algum dia for primeiro ministro. Um dia diz uma coisa, noutro dia já diz outra! Mas quem perde nisto tudo somos nós portugueses. Más acessibilidades, fraco desenvolvimento! Como sempre os "Velhos do Restelo" continuam a prejudicar o crescimento e desenvolvimento do País com as suas visões retrógradas.

Corte na Taxa Social Única agrava défice em mil milhões

A medida de redução da Taxa Social Única (TSU), proposta pelo PSD no seu programa eleitoral, teria um peso de pelo menos mil milhões de euros na receita da Segurança Social. Contas feitas, este impacto significaria qualquer coisa como 0,7% do PIB português, com as necessárias consequências em termos de agravamento do défice público. As propostas dos social-democratas são as que mais agravam o défice público. Com excepção da TSU e da suspensão do Pagamento Especial por Conta (PEC) - com um impacto mínimo - todas as outras não são quantificáveis com os dados conhecidos. FONTE: Jornal Negócios, Jornalista Filomena Lança

Preço do Combustível - Mais uma descida em Espanha, e cá?

Meus caros, neste pequeno espaço de tempo entre os meus dois artigos, voltou a descer o preço dos combustíveis em Espanha. Como podem verificar na imagem, o gasóleo em Espanha já anda em 1,04€ (CEPSA) e 1,058€ (REPSOL). Cá mantém-se tudo igual, 1,209€. Quando a diferença normal devido aos impostos é de 11,5 cêntimos, verifica-se quem anda a ganhar com a descida do petróleo...são as petrolíferas!!! Ainda acreditam na Autoridade da Concorrência (AdC)? Eu não!

Preço dos Combustíveis

Meus caros, hoje escrevo para lhes mostrar a discrepância de preços nos combustíveis entre Portugal e Espanha. No dia em que a BP desceu os preços do gasóleo juntamente com a Repsol para 1.209, em Espanha as petrolíferas voltaram hoje a descer. A Cepsa tem o litro do gasóleo a 1.076 o litro e a campsa/repsol a 1.088. A diferença normal de preços devido à fiscalidade anda pelos 11.5 cêntimos em cada litro. Deixo-vos um print da imagem da página do Ministério Espanhol da Indústria e Turismo.

Portugal AirShow 2007 em Évora

Este fim de semana decorre em Évora o Portugal AirShow, o maior evento auronautico realizado na Península Ibérica. Como não poderia deixar de ser, aqui vos deixo algumas fotos captadas no Sábado, dia 15 de Setembro de 2007. Uma das atracções deste festival foi a presença de um Airbus A310 da TAP, que fez diversas aproximações à pista e várias passagens. Devido à pequena dimensão da pista, não foi possível a aterragem deste avião. Encontra-se também presente neste festival aéreo, o bombardeiro americano, B25 Mitchell, fabricado no ano de 1945 e herói da 2ª Guerra Mundial. Este avião encontra-se agora em exposição em Sion na França, participando em diversos eventos como este. Foi também celebrizado na sétima arte americana, pelos mais diversos filmes de guerra, dos quais destaco o filme "PEARL HARBOUR". No final do dia, houve lugar para uma passagem de modelos, onde foi possível observar os diversos modelos usados pelos colaboradores de diversas empresas ligadas ao sector da av

Finalmente...

Finalmente começou a ouvir-se falar na necessidade de reduzir as emissões de CO2. Na Europa como em Portugal, o tema começou a ser obrigatório em qualquer discurso político, incentivando e apelando a que se aposte em energias alternativas que substituam as energias fósseis. Às famílias é pedido que adoptem medidas nas suas próprias casas, aconselhando-as de como proceder... Finalmente, mas tarde, há muito que se deveria ter começado a adoptar medidas nesse sentido, mas como diz o velho ditado popular, mais vale tarde que nunca. Agora, mais que nunca, é necessário incentivar as pessoas e as empresas a instalarem sistemas de produção de energia, tais como painéis solares (aquecimento de água e produção de energia) de forma a que mais rapidamente se chegue à "meta". É necessário criar legislação que obrigue todos os licenciamentos novos e aqueles que sejam de obras de remodelação, a terem de instalar sistemas amigos do ambiente. Todos ganhamos, incluindo o próprio Estado. Mas p

Évora - Casa Branca; Finalmente abriu!

Foi com agrado que assisti ao anúncio da abertura da linha de Évora no troço Évora - Casa Branca, para dia 05 de Novembro de 2006. Este troço, com cerca de 26km, já permite que se demore menos 12 minutos na ligação entre estas duas povoações. Assim, desde dia 05 é possível ir até Lisboa (Sete Rios, Entrecampos e Oriente) de combóio, atravessando a ponte 25 de Abril e demorando apenas 1h55m, sensívelmente o mesmo tempo que o percurso de automóvel sem ir por auto-estrada. Finalmente Évora entrou no mundo dos combóios actuais, modernos e rápidos, sendo uma mais valia para o turismo eborense mas também para o país, permitindo um maior desenvolvimento de uma região interior, que se depara com cenários de desertificação gradual à sua volta, sendo mais um factor de fixação das populações. Esta linha insere-se num projecto mais vasto, a ligação de Sines a Badajoz, ligando o porto de Sines a Espanha, para que haja um maior potenciamento das capacidades do porto de Sines e a actracção de novos n

Economia a Recuperar

É com agrado que sigo a evolução da nossa economia. As exportações estão a recuperar. as importações a diminuir e a confiança dos agentes económicos a melhorar aos poucos e poucos. Tirando o petróleo e estaríamos ainda melhor. De certa forma houve uma mudança de mentalidade nos nossos agentes económicos, pois viram que o consumo interno estava a abrandar e para conseguirem vender tiveram de se virar para o mercado externo. Desta forma, houve uma maior aposta na qualidade e na inovação. Houve divulgação e promoção dos nossos produtos no exterior. Há que dar mérito aos nossos empresários, por não desistirem, por arriscarem e apostarem em novos mercados, por estarem a contribuir para o desenvolvimento e melhoria económica do país. É de exemplos assim, de persistência, vontade e optimismo, que o país precisa, para que possamos continuar esta luta contra o défice e melhorar o nosso país. Existe um passo que é o mais importante a dar no curto prazo: a diminuição da dependência energética.