terça-feira, setembro 11, 2007

Combustível e compras em Espanha e impostos em Portugal

São cada vez mais os portugueses que vão abastecer as suas viaturas a Espanha de forma a economizar alguns Euros. Confesso que sou uma das pessoas que o faz, e faço questão de o dizer, pois acho que os impostos pagos no combustível em Portugal, prejudicam os consumidores e também a própria economia, devido à grande "fuga" de imposto para Espanha. Nós, ao abastecermos lá, estamos a ajudar o crescimento do PIB espanhol. Ajudamos "nuestros hermanos" a crescerem e a terem um PIB acima de 4% enquanto cá não chegamos sequer aos 2%. São milhões de Euros que entram nos "cofres" do Estado espanhol e menos esses que entram nos "cofres" do Estado português.
Ás gasolineiras junto à fronteira fecham e abrem do lado de lá da fronteira. Há empresários que já o começaram a fazer. Vendem cinco vezes mais combustível do que vendiam em Portugal...
Além dos combustíveis, também as compras são feitas do lado de lá. Sabendo escolher os produtos, consegue poupar-se imensos Euros com uma simples visita ao hipermercado do outro lado da fronteira.
O Estado, numa óptica de eliminar as diferenças de impostos com a Espanha, deveria estudar a hipótese de reduzir os impostos, quer o IVA, quer o ISP. Na minha perspectiva, não haveria muita quebra de receita para o Estado, uma vez que os impostos que pagamos agora lá fora, iriamos pagar depois cá dentro.

Deixo-vos aqui, caros leitores, o endereço do Ministério da Indústria, Turismos e Comércio de Espanha, onde é possível consultar o preço de todos os combustíveis disponíveis no mercado, em qualquer uma das regiões de Espanha, com indicação do local de cada posto de abastecimento:

http://oficinavirtual.mityc.es/carburantes/index.aspx

Sem comentários: