segunda-feira, março 26, 2007

Finalmente...

Finalmente começou a ouvir-se falar na necessidade de reduzir as emissões de CO2. Na Europa como em Portugal, o tema começou a ser obrigatório em qualquer discurso político, incentivando e apelando a que se aposte em energias alternativas que substituam as energias fósseis. Às famílias é pedido que adoptem medidas nas suas próprias casas, aconselhando-as de como proceder...
Finalmente, mas tarde, há muito que se deveria ter começado a adoptar medidas nesse sentido, mas como diz o velho ditado popular, mais vale tarde que nunca.
Agora, mais que nunca, é necessário incentivar as pessoas e as empresas a instalarem sistemas de produção de energia, tais como painéis solares (aquecimento de água e produção de energia) de forma a que mais rapidamente se chegue à "meta". É necessário criar legislação que obrigue todos os licenciamentos novos e aqueles que sejam de obras de remodelação, a terem de instalar sistemas amigos do ambiente.
Todos ganhamos, incluindo o próprio Estado. Mas principalmente ganha o ambiente e as nossas gerações futuras...

Sem comentários: