terça-feira, outubro 05, 2004

Os Arrendamentos

Tanto se tem falado da nova lei dos arrendamentos ultimamente que não vou continuar a falar dela. Vou apenas alertar para o facto de estar a comecar mais um ano lectivo nas faculdades e da maioria dos estudantes ter de recorrer ao arrendamento ilegal na nova etapa das suas vidas. A verdade é só uma: é um mercado obscuro, movimenta milhões e os Estado perda enormes receitas. A maioria dos senhorios não passa recibos, logo não desconta para o Estado e logo os arrendatários não podem usar essas despesas para declararem no seu IRS. Aumenta-se impostos, implementam-se portagens, mas não se previne este negócio ilícito de milhões de Euros. Devia existir uma maior fiscalização, deveria haver a obrigatoriedade de haver recibos em todas as transacções (evitava-se muita fuga fiscal na restauração...)...mas parece que ninguém está disposto a combater esta economia paralela. O facto de que é um campo importante de actuação foi lembrada pelo próprio Presidente da República na semana passada, quando recomendou ao Governo que tomasse medidas para combater este tipo de economia que lesa em muito o estado e que prejudica todos nós, pois temos de suportar esses custos em novos impostos, novas portagens, novos aumentos de serviços...é importante pensarmos nisto, é importante enquanto parte da sociedade ajudar a prevenir este tipo de situações para que possamos futuramente tirar daí benefícios.

2 comentários:

Anónimo disse...

Vamos denunciar todos os casos que conhecemos. Rua Luis de Camões nº12 r/c dto. Montenegro-Faro, á 10 anos em situação de arrendamento ilegal só não sabe quem não quer.

Carlos Paz disse...

Tambem conheço esse caso o dono desse apartamento até tem 10 anos de isensão de contribuição autarquica com ele lá morasse. Ou há moralidade ou comem todos. É uma vergonha esta concorrencia desleal.